Resultados para: incentivo à leitura

det_cultivando_leitores4

Projeto Cultivando Leitores

Data: 28 de March de 2019

Solução integra escola e família para incentivar leitura entre crianças e jovens.

A FTD Educação acaba de lançar uma solução que vai integrar escola e família para a formação de jovens leitores. O projeto Cultivando Leitores foi criado com o propósito de ampliar os conteúdos dos materiais didáticos, estabelecendo uma parceria com a família para incentivar nas crianças e nos jovens o hábito da leitura em casa.

Voltado para alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental II, o projeto reúne títulos com raízes nos materiais didáticos da FTD Educação considerando cada nível de leitor esperado para cada etapa, a diversidade de gêneros e o desenvolvimento da competência leitora.

 

Clique e saiba mais sobre o projeto.

O Cultivando Leitores oferece para a escola:

- Até 25 obras de literatura do nível de ensino indicado.

- Cartaz com mapa das obras, que indica quais os títulos que serão trabalhados a cada bimestre, os temas que serão abordados e a quais conteúdos estão relacionados.

- Livro da Família, que orienta pais e responsáveis a como incentivar a leitura no ambiente familiar.

- DVD com material de apoio ao professor, com projetos pedagógicos para cada livro de literatura.

- Móbiles e cartazes.

- Consultoria Educacional durante todo o ano letivo

 

E para o aluno:

- 5 livros para cada ano – 1 livro para cada bimestre + 1 livro de férias

- Livro da Família, que orienta pais e responsáveis a como incentivar a leitura no ambiente familiar, por meio de um conteúdo que mostra a importância dos livros na formação das crianças.

- Painel de leitura do aluno – um cartaz interativo que incentiva a integração do aluno e da família para cultivar o hábito da leitura.

 

 

Para saber mais sobre o projeto Cultivando Leitores, entre em contato com a filial ou distribuidor da FTD Educação mais próxima.

 

 

Tags:

det_bibliotecas2

FTD Educação inaugura Bibliotecas da Primeira Infância

Data: 29 de October de 2015

Cidades de Mongaguá e Vargem recebem acervo voltado para alunos de 0 a 6 anos.

Os pequenos leitores das cidades paulistas de Vargem e Mongaguá ganharam um verdadeiro presentão neste mês da criança. A FTD Educação acaba de inaugurar duas Bibliotecas da Primeira Infância – uma em cada cidade – que devem atender a cerca de mil crianças de 0 a 6 anos. As bibliotecas, que foram instaladas na EMEI EF Sítio do Pica-pau Amarelo, em Mongaguá, e na EMEI Aparecida de Lurdes Borelli, em Vargem receberam, além de livros, também brinquedos, fantasias, jogos, televisão, CDs, DVDs, móveis projetados e até estantes que se transformam em castelos.

Segundo a Coordenadora de Investimento Social Privado da FTD Educação, Izabel Toro, o processo de incluir as bibliotecas nos cenários das escolas também envolveu a capacitação de funcionários da rede de ensino municipal, com o objetivo de orientá-los para a melhor manutenção e preservação do espaço junto às crianças. “É comum ver bibliotecas lindas, nas quais as crianças não podem entrar porque os funcionários têm medo que elas estraguem os livros”, explica Izabel. “O treinamento foi feito justamente para quebrar essa ideia e capacitar os responsáveis para uma ampla utilização do espaço”.

As cidades de Mongaguá e Vargem foram contempladas com as novas bibliotecas por terem sido selecionadas em segundo e terceiro lugar nesta última edição do Projeto Pequenos Leitores, ação de fomento à leitura desenvolvida pela FTD Educação em parceria com a Comunidade Educativa CEDAC. O primeiro colocado foi o município de Ferraz de Vasconcelos, cuja rede de ensino está recebendo a capacitação do projeto ao longo de 2015 e 2016. A instalação das duas bibliotecas é resultado de uma ação conjunta entre o Instituto Brasil Leitor e da FTD Educação, com financiamento por meio da Lei Rouanet e aprovada pelo Ministério da Cultura (MinC).

 

 

Tags:

det_pequenos_leitores

Ferraz de Vasconcelos recebe Projeto Pequenos Leitores

Data: 28 de October de 2015

Ação de incentivo a leitura dia 23 e atenderá 30 escolas do município.

A partir do dia 23 de março, próxima segunda-feira, tem início a próxima edição do Projeto Pequenos Leitores, ação de fomento à leitura desenvolvida pela Editora FTD em parceria com o CEDAC (Centro de Educação e Documentação para a Ação Comunitária).

O município de Ferraz de Vasconcelos foi selecionado entre 20 inscritos nesta terceira edição do projeto, que terá duração de dois anos (2015/2016). A ação atenderá cerca de 250 profissionais de educação – entre professores, coordenadores pedagógicos e diretores de Educação Infantil – em 30 escolas públicas da região, além de beneficiar mais de mil alunos entre 3 e 5 anos.

O Projeto Pequenos Leitores é de grande importância para a FTD, pois coloca em prática nossa missão de transformar a sociedade por meio de soluções educacionais conectadas com o futuro”, explica a responsável pelo setor de Investimento Social Privado da FTD, Izabel Toro. “Estas ações garantem o preparo e o prazer no ensino e na aprendizagem de crianças e jovens, propiciando um diferencial na vida das pessoas”, completa. Segundo Izabel, uma comissão (formada por membros da FTD, do CEDAC, além de uma especialista da área de Educação Infantil e outra da área de leitura) levou em conta, para esta escolha, critérios como: índices de educação do município, questão socioeconômica, interesse demonstrado durante o preenchimento do edital e estrutura da rede.

Ministrada pela especialista Lurdinha Martins, do CEDAC, a capacitação será dividida em cinco ciclos a cada ano e contará com encontros presenciais e acompanhamento a distância. Todas as ações realizadas pelo Projeto vão girar em torno dos livros infantis, da importância da leitura no desenvolvimento da criança, dos planos de leitura em sala de aula e das medidas a serem tomadas nas escolas e no município como um todo para tornar a leitura literária um direito de todas as crianças. E, além da formação, as escolas receberão acervos de livros criteriosamente selecionados e analisados para o uso com as crianças em sala de aula. “Embora o foco de nosso trabalho seja a capacitação dos educadores, nosso objetivo final é a formação de cidadãos leitores”, conclui Izabel.

O Projeto

Em sua terceira edição, o Projeto Pequenos Leitores mais uma vez desenvolve sua ação com o objetivo de ampliar a compreensão das escolas sobre sua importante função na formação de leitores. A primeira edição foi desenvolvida no município de Guarulhos (SP) em 2012, porém, focada em alunos do Ensino Fundamental I. A segunda edição, já voltada para a Educação Infantil, foi realizada ao longo de 2013 e 2014 nos municípios paulistas de Pratânia e Itatinga. A intenção da FTD é que, nas próximas edições, a capacitação seja ampliada para outros estados brasileiros.

 

Tags:

red_projeto

FTD abre inscrição para Projeto Pequenos Leitores

Data: 9 de December de 2014

Professores da rede pública podem se inscrever até dia 15/01.

A Editora FTD abre edital para inscrição no Projeto Pequenos Leitores, visando a formação de membros da equipe técnica das Secretarias Municipais de Educação, diretores escolares, coordenadores pedagógicos e professores de Educação Infantil.

Desenvolvido em parceria com o CEDAC – Centro de Educação e Documentação para Ação Comunitária e com duração de dois anos (2015-2016), o projeto tem como objetivo ampliar a compreensão das escolas da rede sobre sua importante função na formação de leitores e contribuir para que a leitura de qualidade aconteça na rotina das crianças de 3 a 5 anos. Além da formação, as escolas receberão acervos de livros criteriosamente selecionados e analisados para o uso com as crianças em sala de aula.

Quem pode participar:

- Municípios que estejam a uma distância máxima de 300 km do centro da cidade de São Paulo

- Tenham um máximo de 160 professores que atuem com crianças de 3 a 5 anos

Confira aqui o edital completo.

As inscrições podem ser feitas até dia 15/01/2015 pelo link https://pt.surveymonkey.com/s/pequenosleitores

Participe!

Para mais informações, entre em contato com a responsável pelo nosso departamento de
Investimento Social Privado, Izabel Toro: izabel.toro@ftd.com.br

Tags:

logo-congresso

FTD promove Sessão Aberta no 8º Congresso Gife

Data: 26 de March de 2014

Atividade realizada ao lado de parceiras do Gife tem como objetivo discutir Leitura, letramento e desenvolvimento humano.

A Editora FTD, ao lado dos Institutos C&A, Ecofuturo e Paulo Montenegro, promove a Sessão Aberta – Leitura, Letramento e desenvolvimento humano no dia 21 de março, em meio às atividades do 8º Congresso Gife – Por um Investimento Social Transformador, que acontece em São Paulo entre os dias 19 e 21 de março.

Esta atividade oferecida pela FTD e aberta ao público tem como objetivo discutir quais os aspectos que precisam ser levados em conta para promover leitura e escrita de qualidade para todos, para que as políticas públicas de educação e cultura e o investimento social privado possam se articular e gerar a maior eficácia possível.

Confira a nossa programação e inscreva-se!

 

Sessão Aberta – Leitura, Letramento e desenvolvimento humano

Data: 21/03/2014

Horário: 14h30 às 16 horas

Local: Sheraton São Paulo WTC Hotel Sala Chagall
Av. das Nações Unidas, 12559 – Brooklin Novo – São Paulo/SP

Confira a programação:

Leitura e a formação do ser humano integral (20 minutos)
Mirela Carvalho, Instituto Unibanco e Pilar Lacerda, Fundação SM

Leitura, hábito e competência: o impacto no contexto do trabalho e da renda (10 minutos)
Ana Lucia Lima, Instituto Paulo Montenegro

Articulando políticas públicas de cultura e educação com o investimento social privado (20 minutos)
José Castilho, Secretário Executivo do PNLL

Sugestões sobre como integrar as ações públicas e privadas (20 minutos)
Ricardo Paes de Barros, SAE

Inscrições gratuitas:
Tel: (11) 3598-6174, com Izabel Toro, ou pelo e-mail izabel.toro@ftd.com.br até o dia 18 de março.
(atenção: vagas limitadas)

 

Sobre o Congresso Gife

Realizado desde 2000, o Congresso GIFE é o principal encontro sobre investimento social do Brasil e deve reunir, nesta edição, cerca de 1.500 pessoas interessadas em discutir as principais questões colocadas hoje ao investimento social brasileiro. O evento, que ocorre a cada dois anos, reúne as principais lideranças de investidores sociais do país, além de dirigentes de organizações da sociedade civil, acadêmicos, consultores e representantes de governos, proporcionando um espaço para aprendizado, relacionamento e troca de experiências.

Mais informações: http://congressogife.org.br/2014/

 (JP)

Tags: