Notícias

det_campanha_fraternidade_2016

Novo catálogo – Campanha da Fraternidade 2016

Data: 9/11/2015

Obras de Fernando Carraro vão tratar do tema Casa Comum, nossa responsabilidade.

A FTD Educação acaba de lançar um catálogo exclusivo para a Campanha da Fraternidade 2015, que neste ano terá como tema Casa Comum, nossa responsabilidade. As obras são Terra, nossa casa! – Saneamento básico, direito de todos, para Ensino Fundamental I, e Terra, casa de todos! – Desafios do saneamento básico, para Ensino Fundamental II, ambas escritas pelo autor Fernando Carraro.

Promovida pela Igreja Católica e coordenada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Campanha da Fraternidade 2016 tem como objetivo despertar a solidariedade dos seus fiéis e da sociedade em relação a um problema concreto que envolve a sociedade brasileira. A cada ano é escolhido um tema, que define a realidade concreta a ser transformada, e um lema, que explicita em que direção se busca a transformação.

Conheça as obras:


Terra, nossa casa! – Saneamento básico, direito de todos
Autor: Fernando Carrraro
Ilustradora: Isabela Santos

Donato é um menino de 10 anos que cursa o 5º ano. Ele mora em uma comunidade pobre não atendida por serviços importantes como saneamento básico. Na escola onde ele estuda, todo ano realiza-se a distribuição de presentes doados por um empresário. Assim, Donato ganha um livro com depoimentos de pessoas que lutam em defesa do meio ambiente, com um capítulo sobre o saneamento básico. E a leitura desse livro muda a vida de Donato.

 

 

 


Terra, casa de todos! – Desafios do saneamento básico
Autor: Fernando Carrraro

Ilustradora: Isabela Santos

João é adolescente e mora em uma cidade pequena. Ele convida seu amigo Daniel, estudante de Engenharia Ambiental e Sanitária, para passar o réveillon com ele. Acontece que os coletores de lixo da cidade fazem greve justamente no fim do ano. O lixo se acumula nas ruas. Ao se deparar com a cidade daquele jeito, o visitante lidera um abaixo-assinado, exigindo da Prefeitura solução imediata para o problema. Uma história admirável sobre cidadania e solidariedade, com muitas dicas sobre saneamento básico.

Tags:

det_desafio_coord_pedag

Consultoria Educacional reúne escolas parceiras em SP

Data: 9/11/2015

Gestores participam do curso Desafios do Coordenador Pedagógico – Reflexões, Ferramentas e Possibilidades.

A FTD Educação reuniu, no último sábado, cerca de 90 coordenadores e diretores de escolas parceiras do interior, litoral e capital paulista no curso Desafios do Coordenador Pedagógico – Reflexões, Ferramentas e Possibilidades. Realizada na Filial São Paulo, a atividade contou com as palestras de Diego Moreira, Marcia Gaddini e Maria Angela Diaféria, da Consultoria Educacional da FTD.

O encontro teve como objetivo aprofundar e instrumentalizar o coordenador pedagógico para atuação com os docentes e para a gestão de pessoas com ferramentas para o cotidiano escolar, por meio de reflexões teóricas e momentos práticos para que o coordenador transitasse com eficácia nos diferentes papéis que articula na escola. Os participantes tiveram a oportunidade de conferir os conceitos, as técnicas de gestão de pessoas e possibilidades práticas de Ferramentas de Coaching.

Confira a galeria de imagens do curso:

Tags:

det_bibliotecas2

FTD Educação inaugura Bibliotecas da Primeira Infância

Data: 28/10/2015

Cidades de Mongaguá e Vargem recebem acervo voltado para alunos de 0 a 6 anos.

Os pequenos leitores das cidades paulistas de Vargem e Mongaguá ganharam um verdadeiro presentão neste mês da criança. A FTD Educação acaba de inaugurar duas Bibliotecas da Primeira Infância – uma em cada cidade – que devem atender a cerca de mil crianças de 0 a 6 anos. As bibliotecas, que foram instaladas na EMEI EF Sítio do Pica-pau Amarelo, em Mongaguá, e na EMEI Aparecida de Lurdes Borelli, em Vargem receberam, além de livros, também brinquedos, fantasias, jogos, televisão, CDs, DVDs, móveis projetados e até estantes que se transformam em castelos.

Segundo a Coordenadora de Investimento Social Privado da FTD Educação, Izabel Toro, o processo de incluir as bibliotecas nos cenários das escolas também envolveu a capacitação de funcionários da rede de ensino municipal, com o objetivo de orientá-los para a melhor manutenção e preservação do espaço junto às crianças. “É comum ver bibliotecas lindas, nas quais as crianças não podem entrar porque os funcionários têm medo que elas estraguem os livros”, explica Izabel. “O treinamento foi feito justamente para quebrar essa ideia e capacitar os responsáveis para uma ampla utilização do espaço”.

As cidades de Mongaguá e Vargem foram contempladas com as novas bibliotecas por terem sido selecionadas em segundo e terceiro lugar nesta última edição do Projeto Pequenos Leitores, ação de fomento à leitura desenvolvida pela FTD Educação em parceria com a Comunidade Educativa CEDAC. O primeiro colocado foi o município de Ferraz de Vasconcelos, cuja rede de ensino está recebendo a capacitação do projeto ao longo de 2015 e 2016. A instalação das duas bibliotecas é resultado de uma ação conjunta entre o Instituto Brasil Leitor e da FTD Educação, com financiamento por meio da Lei Rouanet e aprovada pelo Ministério da Cultura (MinC).

 

 

Tags:

det_jabuti2015

Prêmio Jabuti 2015

Data: 23/10/2015

Em categoria inédita, FTD Educação conquista quatro indicações de livros infantis digitais

A FTD Educação tem oito obras finalistas na 57ª edição do Prêmio Jabuti, que concorrem em diferentes categorias. No segmento experimental “Infantil Digital”, a editora contou com o maior número de indicações do mercado, com os títulos Branca de medo, de Cláudio Martins, Chapeuzinho adormecida no país das maravilhas, de Flávio de Souza, O jogo do vai e vem, de Flávia Muniz, e Show de Bola, de Jonas Worcman de Matos e José Santos.

“Essa é uma grande conquista para nós. Representa uma comprovação de que os grandes investimentos em novas tecnologias e conteúdo de qualidade valem a pena e trazem bons resultados”, comemora a Diretora de Projetos Especiais e Literatura da FTD Educação, Ceciliany Alves. A editora também emplacou outros quatro títulos na segunda fase da maior premiação literária do país.

Em Adaptações, O morro dos ventos uivantes, de Lígia Cademartori, foi classificado. Nas categorias Infantil e Juvenil, respectivamente, foram aprovadas as obras O pequeno samurai, de André Kondo, e Memórias quase póstumas de Machado de Assis, de Álvaro Cardoso Gomes. Por fim, em Didáticos e Paradidáticos, foi qualificado o título Por toda parte – Volume Único, de Solange Santos Utuari Ferrari, Daniela Leonardi Libâneo, Fábio Sardo e Pascoal Fernando Ferrari.

(Com informações da Assessoria de Imprensa)

 

Tags:

det_enem_redacao

Prepare-se para a redação no Enem

Data: 13/10/2015

Confira nossas dicas e faça um texto nota mil!

Agora que estamos na reta final para o Enem 2015, é hora de falarmos da prova de redação. Afinal, além de estudar bem para as questões de múltipla escolha, o aluno também deve estar preparado para o momento da redação, que acontece no dia 25 de outubro.

O gênero de redação exigido pelo Enem é a dissertação-argumentativa, semelhante à usada em artigos de opinião de jornais e sites de notícias. Neste modelo, o estudante deve apresentar e defender um ponto de vista e convencer o leitor com argumentos convenientes e dando uma opinião plausível.

Nós, da FTD Educação, prometemos dar a você uma mãozinha nesta reta final. Selecionamos várias dicas práticas para que você esteja tranquilo e preparado da melhor forma para este momento tão importante em sua vida acadêmica. Vamos lá!

Dicas para a preparação:

1)      Leia bastante, principalmente artigos de opinião.
Você já deve saber que, para escrever bem, é fundamental ler bem. Portanto, aproveite estas próximas semanas para ler o máximo possível. Embora seu cronograma de estudos esteja apertado, é importante sempre achar um tempo para ler um livro, ou mesmo jornais e revistas.

2)      Acompanhe os noticiários.
Geralmente, os temas das redações no Enem e vestibulares têm relação direta a fatos do cotidiano. Neste ano, provavelmente não será diferente. Estar ciente de tudo o que acontece ao seu redor dará a você conhecimento para seus argumentos e defender seu ponto de vista.

3)      Pratique sua escrita.
Ao exercitar bastante o seu texto, o ato de escrever se tornará cada vez mais uma ação natural. E assim, o momento da redação não será para você um bicho de sete cabeças! Redija pelo menos duas redações por semana e, em cada uma, faça uma autoavaliação e procure se aperfeiçoar em cada tentativa.

E para a hora da redação:

1)      Analise com atenção o tema da redação
Leia cuidadosamente o tema pedido, os textos de apoio e até mesmo as questões da prova – que podem trazer dados que ajudem em sua redação.

2)      Defina sua tese e faça um projeto para o seu texto
É a hora de escolher o seu ponto de partida e o caminho que vai seguir. Destaque também quais argumentos você utilizará para defender suas ideias. Lembre-se: você deve dominar a tese que escolher, pois só assim conseguirá argumentar da melhor forma.

3)      Faça um rascunho da primeira versão do texto
A sugestão é optar pela simplicidade, clareza e não ser prolixo: melhor fazer um texto simples e direto do que um rebuscado e confuso. Outra dica é começar a redigir o texto e deixar o título apenas para o final. Evite gírias, coloquialismos, redundâncias, modismos e estrangeirismos. Internetês então (“vc”, “pq”, “naum”), nem pensar!

4)      Revise a redação
Muita atenção com a ortografia e gramática de seu texto. Os avaliadores são bem rígidos, pois a norma culta é indispensável no texto e isto está claro nas instruções da prova do Enem.

5)      Passe o texto a limpo
É a etapa final: respeite o espaço delimitado para o seu texto e faça uma letra legível.

 

Leia mais sobre a redação no Enem:

Veja os possíveis temas deste ano

Veja todos os temas de redação que já caíram no Enem

7 motivos para tirar zero na redação do Enem

10 dicas para uma redação de sucesso no Enem

Faltam 45 dias para o Enem. Veja roteiro com dicas para uma boa redação

A redação sem susto

 

Tags: