Notícias

FTD Educação e Google formam parceria inédita para oferecer plataforma e ferramentas digitais integradas para as escolas brasileiras

Data: 22/6/2017

Com ênfase no ensino híbrido, solução facilita a comunicação e a aprendizagem dentro da sala…

Com ênfase no ensino híbrido, solução facilita a comunicação e a aprendizagem dentro da sala de aula e fora dela. Anúncio da iniciativa será feito dia 10 de abril, em evento na capital paulista.

Para facilitar o uso da tecnologia nas escolas do país e permitir, cada vez mais, inovações, a FTD Educação uniu-se ao Google. Por meio da plataforma Google for Education, a Editora, referência em soluções educacionais há mais de 100 anos, oferece uma novidade para o ambiente escolar: uma solução inteligente, que integra conteúdos didáticos e pedagógicos da FTD Educação – além de sua experiência com milhares de escolas parceiras e seu conhecimento do mercado de Educação brasileira – ao pacote de recursos digitais da plataforma Google Education. O projeto conjunto será apresentado em um evento para convidados, no dia 10 de abril, segunda-feira, com a presença dos principais executivos do Google no Brasil e da FTD Educação.

A missão do Google for Education é criar tecnologia aberta e gratuita para tornar o aprendizado mais divertido e disponível a todos em qualquer lugar. O desafio é transformar a sala de aula em um ambiente inovador e agradável. Para isso, o G Suite for Education oferece a professores e alunos uma identidade digital, uma conta de acesso a ferramentas que facilitam o dia a dia da escola. A ferramenta mais popular entre os professores chama-se Google Classroom, aproximando o aluno do professor e permitindo acompanhamento de todo o processo do aprendizado, compartilhamento de informações, criação de turmas, distribuição de tarefas, além de dar feedbacks, entre outras atividades. O Classroom é uma solução inovadora usada por mais de 20 milhões de usuários no mundo.

“Ao se unir ao Google, a FTD Educação marca seu objetivo de estimular o protagonismo de crianças, jovens e educadores, por meio do conhecimento e da Educação, além de reforçar seu posicionamento como organização vinculada à inovação”, diz Antonio Rios, diretor superintendente da FTD Educação. Segundo Rios, a iniciativa faz parte da evolução da companhia, que há cerca de um ano mudou seu posicionamento de marca.

“Temos clareza de que a amplitude dessa parceria é muito grande, pois alia conteúdos, metodologia e inovação com um plano de ação e um caso de uso bem definidos para as salas de aula. Esse é o impacto real em Educação que o mundo necessita, e não somente modelos caros de licenciamento e tecnologia ainda fornecidos no mercado, com base em fórmulas ultrapassadas e sem um impacto mensurável”, afirma Rodrigo Pimentel, diretor do Google for Education no Brasil.

Com a parceria, as escolas contarão não só com o conjunto de ferramentas já oferecido pelo Google, mas também com complementações e personalização de módulos exclusivos e de conteúdos desenvolvidos pela FTD Educação Assim, haverá ainda um pacote de módulos digitais, livros digitais e conteúdos digitais de obras da FTD, além de outros produtos tecnológicos do portfólio da Editora, integrados com tecnologias inovadoras do Google, como, por exemplo, os Chromebooks, equipamentos desenhados para estimular a colaboração e o dinamismo da Sala de Aula, já presentes nas principais escolas do Brasil e do mundo.

Outras vantagens da solução FTD Educação e Google:

• Sinergia na capacitação e orientação dos colégios para uso dos recursos digitais.
• Experiência única de usabilidade no ambiente escolar, aliada ao conteúdo exclusivo da FTD – feitos sob medida.
• Gestão do ensino híbrido.
• Ferramentas para gestão de classes e realização de coworking.
• Facilidade na interação do ensino presencial com a complementação a distância.
• Soluções simples e palatáveis para o dia a dia escolar.
• Ferramentas que permitem o empoderamento do professor.

FTD Educação participa da BETT Brasil Educar com novas Soluções Educacionais Integradas

Data: 22/6/2017

Parceria com Google para facilitar o uso da tecnologia no campo educacional será apresentada, além…

Parceria com Google para facilitar o uso da tecnologia no campo educacional será apresentada, além de novo sistema de ensino que auxilia educadores, gestores e alunos

A FTD Educação, referência no segmento educacional, estará presente na Bett Brasil Educar 2017, cujo tema central é a inovação. De 10 a 13 de maio, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, a Editora mostra diversas soluções, cujas propostas estão diretamente alinhadas aos cinco eixos articuladores propostos para a feira e o congresso: práticas de sala de aula, formação de professores, aprendizagem, políticas educacionais e gestão.

Entre os destaques desta edição está a parceria da FTD Educação e Google, que vem ao encontro dos principais pilares do evento: Educação, tecnologia e inovação. Por meio da plataforma Google for Education, a Editora oferece agora uma novidade para o ambiente escolar: uma solução inteligente, com ênfase no ensino híbrido, que integra conteúdos didáticos e pedagógicos da FTD Educação – além de sua experiência com milhares de escolas parceiras e seu conhecimento do mercado de Educação brasileira – ao pacote de recursos digitais da plataforma Google Education. Jogos, livros educacionais digitais, realidade aumentada e simulados são alguns dos conteúdos exclusivos da FTD Educação que se integrarão à plataforma do Google. A ideia é facilitar a comunicação e a aprendizagem dentro da sala de aula e fora dela também. “Ao se unir ao Google, a FTD Educação marca seu objetivo de estimular o protagonismo de crianças, jovens e educadores, por meio do conhecimento e da Educação, além de reforçar seu posicionamento como organização vinculada à inovação”, diz Antonio Rios, diretor superintendente da FTD Educação. Segundo Rios, a iniciativa faz parte da evolução da companhia, que há cerca de dois anos mudou seu posicionamento de marca.

Outra novidade da organização para a feira é o lançamento do Trilhas Sistema de Ensino. Voltado às escolas privadas, a solução educacional oferece materiais impressos e digitais que fortalecem os processos de ensino-aprendizagem. Trilhas foi elaborado para auxiliar as escolas no caminho do conhecimento, da qualidade do aprendizado e do desenvolvimento de melhores práticas de gestão de maneira integrada. Inicialmente, o novo Sistema de Ensino traz conteúdos para a Educação Infantil e para o Ensino Fundamental I, em todos os componentes curriculares e áreas do conhecimento. Materiais complementares também fazem parte da Coleção Trilhas: livro da família, diário e módulos que trabalham a cidadania, na Educação Infantil, e livros de Educação Financeira, Arte, Inglês e Espanhol, no Ensino Fundamental I. Posteriormente, o Sistema será ampliado e atenderá também ao Ensino Fundamental II e ao Ensino Médio.

Propostas alinhadas com as preocupações atuais do segmento educacional, como o desenvolvimento de competências socioemocionais no processo de aprendizagem, também serão mostradas no espaço da FTD Educação, a principal delas é a Metodologia OPEE – Orientação Profissional, Empregabilidade e Empreendedorismo, criada pelo psicoterapeuta Leo Fraiman. Esta solução pedagógica tem como objetivo contribuir para o autoconhecimento de crianças e jovens e orientá-los na escolha de seus projetos de vida. Com coleções de livros, oficinas de empregabilidade, oficinais para pais, filmes, portal com testes e jogos, contempla todos os níveis de ensino, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. A solução contribui para o debate sobre a aprendizagem e ciclos de vida, além da gestão e qualidade social da Educação.

Nesta edição da Bett Educar, Fraiman* ministra duas palestras com os temas Empreendedorismo e Projetos de Vida e Como Ensinar Bem, nos dias 11 e 12 de maio. Já a advogada Alessandra Borelli*, também autora da OPEE (livro: Educação para a Cidad@nia Digital) marca presença na feira, no dia 11 de maio, às 15 h, para debater o bullying no ambiente escolar.

Com uma trajetória marcada pela constante busca pela transformação do ser humano por meio da Educação, a FTD Educação vem, cada vez mais, diversificando produtos e serviços para que o aprendizado não só se torne prazeroso como efetivo e inspirador. Além de oferecer conteúdos para o ensino de alunos, a Editora conta com serviços para a formação de educadores e gestores, como encontros, palestras e consultorias, entre outros. Assim, a Editora participará também do Fórum de Liderança para Educação Particular (Edup), no dia 12 de maio, na mesa redonda: O futuro dos Sistemas de Ensino – perspectivas frente aos novos desafios de mercado. O diretor comercial & marketing da FTD Educação, Ricardo Tavares, aborda as tendências e novidades desse segmento, ao lado de Cristina Swiatovski, superintendente da Editora OPET, às 14 horas.

“O mercado de sistemas de ensino está em franco aquecimento, é uma solução que permite não só o desenvolvimento de práticas escolares inovadoras, como o aprimoramento da formação docente e da eficácia de gestão. Na FTD Educação, por exemplo, oferecemos sistemas cujo foco seja integrado a essas premissas e que apontem para um melhor resultado no aprendizado, formando cidadãos preparados para o futuro”, relata Tavares.

Parte da Bett Brasil Educar, o fórum tem o intuito de propiciar a seus participantes conteúdos e vivências que contribuam para ampliar horizontes nos planos educacional e negocial.

Outras importantes soluções da FTD Educação na Bett Brasil Educar que se integram aos eixos do congresso:

1. Práticas em sala de aula:

• Projeto Cultivando Leitores – amplia o conteúdo de materiais didáticos

Com o objetivo de incentivar a leitura e formar jovens leitores, esta solução integra escola e família para a formação de jovens leitores. Cultivando Leitores foi criado com o propósito de ampliar os conteúdos dos materiais didáticos voltado para alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental II. O projeto reúne títulos com raízes nos materiais didáticos da FTD Educação considerando a diversidade de gêneros e o desenvolvimento da competência leitora. Ele conta ainda com uma solução exclusiva para escolas confessionais: Cultivando Leitores, Semeando Valores. Além das obras, há consultoria educacional durante todo o ano.

• StandFor e Edelvives

Já para estimular o aprendizado de outra língua e contribuir com os debates sobre bilinguismo, a FTD Educação mostra também na Bett Brasil Educar o selo StandFor e a editora Edelvives. Criado para oferecer todo o apoio necessário para quem ensina e para quem aprende Inglês, StandFor conta com material didático, livros de leitura e revistas, além de recursos digitais. Todas as soluções foram elaboradas para se adequarem à carga horária de ensino das escolas brasileiras. Já a editora Edelvives, destinada ao ensino da língua espanhola, traz livros didáticos, dicionários, livros de literatura e conteúdos digitais.

• Faça!

Sempre na esteira da inovação, a FTD Educação apresenta ainda no evento a nova coleção Faça!: fundamentada no movimento Maker e a única no mercado com este conceito. A coleção supre uma lacuna ao propor obras didáticas que podem ser customizadas pelos alunos, a começar pela capa, e que aliam propostas interdisciplinares e acessibilidade – com numerais e introduções em libras. O conjunto aluno/professor é oferecido para as cinco disciplinas básicas: Língua Portuguesa, Matemática, História, Ciências e Geografia. É a primeira do mercado composta em duas partes: a primeira, conta com adesivos e cartonados para customização e desenvolvimento de atividades criativas, já a segunda, apresenta propostas de trabalhos de cultura digital. Para o professor, mais uma novidade: cada obra traz material intercalado ao conteúdo do aluno.
Katia Stocco Smole, autora do Faça! – Matemática, ministra palestra no dia 10/5, às 9 horas.

2. Aprendizagem, formação e gestão:

• Sistemas de Ensino: FTD Sistema de Ensino e SIM Sistema de Ensino

Para a formação de indivíduos e para atender às necessidades atuais dentro do âmbito escolar, a FTD Educação oferece produtos e serviços que permitem o desenvolvimento de práticas escolares inovadoras, ajustes de processos de aprendizagem, melhor formação docente e eficácias de gestão – pontos debatidos ao longo da Bett Brasil Educar. É o caso dos sistemas de ensino FTD Sistema de Ensino e o SIM Sistema de Ensino (este voltado tanto para a rede particular quanto para a pública), que contam com materiais impressos e recursos digitais para a integração e formação do aluno. As soluções dão ainda apoio ao docente e à gestão da escola. Alunos de Ensino Médio, por exemplo, contam com planos de estudos e materiais complementares para o Enem, entre outros. Já para educadores e gestores, os sistemas de ensino da FTD Educação oferecem serviços como o acompanhamento do ponto de vista educacional, com planos de ação que contemplam encontros de formação docente, eventos para reciclagem profissional e avaliações diagnósticas de desempenho pedagógicos – instrumentos para medir a qualidade do ensino.

O espaço da FTD Educação na Bett Brasil Educar fica próximo à porta de entrada, nº 301.

*Autores FTD Educação e Metodologia OPEE na Bett Brasil Educar 2017.

Leo Fraiman (autor e criador da Metodologia OPEE):

• 11/5, às 18 h – mostra como construir projetos de vida e o que é a habilidade do empreendedorismo (entendido como uma atitude ética e um dos mais importantes pilares para elaboração de projetos de vida).

• 12/5, às 18 h – aborda o tema Como Educar Bem, Leo Fraiman mostra curiosidades do funcionamento do cérebro, além de apresentar técnicas para empoderar o educador em sua missão transformadora.

Alessandra Borelli (autora de Educação para a Cidad@nia Digital):
• 11/5, às 15 h – aborda o bullying dentro e fora da sala de aula.

Katia Stocco Smole (Faça! – Matemática):
• 10/5, às 9 h – debate sobre inovações no ensino da Matemática.

FTD Educação na Bett Brasil Educar 2017
Estande 301 – próximo à porta principal
Data: 10 a 13 de maio
Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center – Rodovia dos Imigrantes – km 1,5

Com obra premiada de Daniel Munduruku, FTD Educação participa da 19ª edição do Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens

Data: 22/6/2017

Editora apresenta para o público títulos que receberam o selo de Altamente Recomendável e premiados…

Editora apresenta para o público títulos que receberam o selo de Altamente Recomendável e premiados pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil nesta edição do Salão. Entre os lançamentos, coleção inédita sobre personagens do folclore brasileiro também será apresentada

Reconhecida no mercado infantojuvenil, a FTD Educação estará mais uma vez presente no 19o Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, que acontece de 22 a 28 de junho, na cidade do Rio de Janeiro.

Com mais de 100 premiações e selos pela FNLIJ em sua trajetória, a Editora apresenta durante o evento novidades e obras premiadas. Entre elas, está Vozes ancestrais, vencedora do prêmio da FNLIJ deste ano, na categoria Reconto. Elaborado pelo renomado escritor Daniel Munduruku, o título traz contos indígenas coletados por Munduruku em diversas regiões em que os dez povos abordados no livro habitam, versando especialmente sobre temas como a origem do mundo, a relação entre ser humano e natureza e rituais sagrados.

O visitante poderá ainda conferir títulos agraciados com o selo Altamente Recomendável 2017. São eles: Espia das montanhas, de Ana Carolina Neves (Categoria Jovem); Parque encantado, de João Anzanello Carrascoza (categoria Jovem); As aventuras de Robin Hood, recontado por Ana Maria Machado e Rodrigo Machado (categoria Reconto); É proibido ler Lewis Carroll, de Diego Arboleda e tradução de Flavio de Souza (categoria Tradução/Adaptação Criança); Volto ao anoitecer, de Aharon Appelfeld e tradução de Paulo Geiger (categoria Tradução/Adaptação Jovem); A Ilha do tesouro, de Robert Louis Stevenson, traduzido e adaptado por Rodrigo Machado (categoria Tradução/Adaptação Jovem); Moby Dick, de Herman Melville, traduzido e adaptado por Luiz Antonio Aguiar (categoria Tradução/Adaptação Jovem).

Dentro da agenda do Salão, autores da FTD Educação estão também entre os destaques da programação. Rodrigo Machado, por exemplo, conversará com o público dia 24 de junho, sábado, às 12 h, na Biblioteca FNLIJ Criança. Machado, que adaptou e traduziu A Ilha do tesouro e recontou Robin Hood, ao lado de Ana Maria Machado, falará sobre o processo de adaptação e tradução para o mercado editorial. Ambos os títulos fazem parte da coleção Almanaque dos Clássicos da Literatura Universal.

Já Daniel Munduruku será um dos destaques do Seminário FNLIJ Bartolomeu Campos de Queirós. No dia 27 de junho, das 13 h às 17 h, o autor comanda a mesa O Rio que corre em minha aldeia… Prosa e poética na literatura indígena brasileira, parte da programação do Encontro de Escritores e Artistas Indígenas. A mesa aborda o papel social de povos indígenas na formação da identidade nacional e como identificar os estudos teóricos acadêmicos que auxiliam na consolidação do movimento literário indígena.

Principais lançamentos infantojuvenis

Lançamentos do mês de junho também estarão expostos no espaço da FTD Educação durante o Salão (estande 30). A coleção Personagens do Folclore Brasileiro é um deles. Composta de 4 títulos e escrita pela jornalista e pesquisadora de cultura popular Januária Alves, a coleção traz uma narrativa surpreendente de figuras como o Curupira, a Loira do Banheiro, o Saci-Pererê e o Uirapuru e apresenta as origens, as diferentes versões e outras curiosidades de diversos personagens.

Há ainda o novo Fuga, romance juvenil de Luana Chnaiderman de Almeida, que narra a viagem arriscada de uma jovem e convida o leitor a ver o mundo com os próprios olhos.

FTD Educação no Salão do Livro Para Crianças e Jovens (FNLIJ)
Data: de 22 a 28 de junho
Local: Centro de Convenções SulAmérica – Av. Paulo de Frontin, 1, Cidade Nova, Centro, Rio de Janeiro
Localização do espaço da FTD Educação: estande 30
Horário: Segunda a sexta | das 8h30 às 17 h; sábados e domingos | das 10 h às 18 h

Projeto Pequenos Leitores da FTD Educação abre inscrições para a quarta edição

Data: 18/10/2016

Destinada ao incentivo da leitura na primeira infância, ação que já impactou 10000 educadores e…

Destinada ao incentivo da leitura na primeira infância, ação que já impactou 10000 educadores e crianças, seleciona municípios até 20 de novembro

Ampliar a rotina de leitura nas escolas municipais de Educação Infantil de São Paulo é um dos objetivos do projeto Pequenos Leitores. Resultado de uma parceria entre a FTD Educação e a Comunidade Educativa CEDAC, a iniciativa abre, por meio de edital, as inscrições para a nova edição do biênio 2017-2018. Podem se candidatar – até o dia 20 de novembro – municípios do Estado de São Paulo que estejam a uma distância de até 300 km do centro da capital paulista, tenham até 160 professores em atuação com crianças de 3 a 5 anos, entre outros requisitos disponíveis em edital.

Realizado desde 2012, com edições nas cidades paulistas de Guarulhos, Itatinga e Pratânia e Ferraz de Vasconcelos, Pequenos Leitores atua na formação de professores, coordenadores, técnicos e diretores das escolas de Educação Infantil para garantir, por meio da leitura literária, o ingresso das crianças de 3 a 5 anos na cultura escrita.
“Não dá para mudar uma realidade trabalhando apenas com os professores, precisamos trabalhar em uma escala maior dentro da escola”, afirma Izabel Toro, coordenadora de investimento social privado da FTD Educação. “Para que possa se tornar uma política pública ou fazer parte daquele município, é importante que todas essas instâncias estejam alinhadas, que todos ‘comprem’ o projeto”.
Os próprios professores, muitas vezes, tiveram experiências insatisfatórias com a leitura quando crianças e até mesmo quando adultos, o que dificulta a sua atuação como mediador e formador de leitores. O projeto os aproxima do universo literário, ampliando e qualificando sua experiência como leitores e como formadores de leitores.
“Ao longo dos dois anos de formação, a gente faz uma discussão para que, tanto as escolas como a rede, cheguem a um documento em que elas consigam sistematizar e concretizar a intenção educativa com a leitura literária das crianças”, complementa Sandra Medrano, coordenadora pedagógica da iniciativa na CE CEDAC.
“Além de incentivar o hábito e o interesse pela leitura o projeto está alinhado com ações do Poder Público, voltadas para garantir a plena alfabetização das crianças, o que é fundamental em qualquer movimento que pretenda ser efetivo na promoção da leitura”, completa Izabel. A última edição, em Ferraz de Vasconcelos, recebeu investimentos do Fundo Itaú Excelência Social.

Informações e detalhes estão disponíveis aqui.

ma

Márcia Kupstas – 30 anos

Data: 15/6/2016

Para comemorar 30 anos de carreira, a escritora Marcia Kupstas lança o livro Uma amizade de…

Para comemorar 30 anos de carreira, a escritora Marcia Kupstas lança o livro Uma amizade de ouro

Em sua 13a obra editada pela FTD Educação, a autora relata os fortes laços entre uma menina e seu cachorro, em uma aventura por diversos pontos turísticos de São Paulo, como o Cemitério da Consolação e o Largo Santa Cecília.

Uma das autoras mais lidas pelos adolescentes no país, Marcia Kupstas completa 30 anos de carreira em  2016 e, para celebrar sua trajetória bem-sucedida, lança Uma amizade de ouro. Formada em Letras,  professora de Literatura e descendente de lituanos e russos, Marcia Kupstas começou a escrever na  adolescência. De lá para                                                                                   cá, não parou mais e, hoje, tem uma centena de obras no currículo.

Neste romance, o forte laço afetivo entre uma menina de 12 anos e seu cachorro da raça pit bull é o fio  condutor da narrativa, que aborda temas como lealdade e confiança no cenário da grande cidade de São  Paulo, com seus moradores, a ocupação dos espaços vazios e a diversidade presente no centro. “É um  manifesto de amor e solidariedade”, diz a autora.

Cleide está triste com a separação dos pais. Para que a garota não fique sozinha, a mãe contrata a sobrinha  como babá. Mas Cleide fica inconformada, pois está prestes a completar 13 anos. E a sorte de Cleide só  piora: em uma tarde, enquanto o pit bull Gold, o cachorro da família, escapa e faz festa na rua, uma vizinha  assustada chama o Corpo de Bombeiros para prendê-lo. Na tentativa de proteger o animal, em um impulso,    Cleide foge com ele. Os dois vão parar no centro da cidade de São Paulo, passando pelo Elevado Costa e  Silva,  pela Avenida São João, pelo bairro de Santa Cecília e pelo Cemitério da Consolação.

Com pitadas autobiográficas, a obra foi inspirada em uma situação vivida pela autora. Apaixonada por cachorros, ela também sofreu com uma vizinha que implicava com o animal. Para construir a narrativa, Marcia fez um curioso processo de pesquisa de campo, visitando, revisitando e fotografando pontos característicos da capital paulista, os quais foram incorporados na história, como o Cemitério da Consolação, o Elevado Costa e Silva, o Largo do Arouche, o Largo Santa Cecília e até o bairro de Guaianazes. As fotos não fazem parte do livro, mas são a base das ilustrações de Jan Limpens, quadrinista e ilustrador austríaco estabelecido no Brasil. Entre seus trabalhos está tira El Pablo e El Diablo.

Trajetória de sucesso – adaptações, premiações e centenas de obras

Trinta por três! Este aniversário de três décadas agregou três fatores importantes: a sorte, que me levou a investir na carreira no momento certo, com livros expressivos para aquele tempo; o talento, que é inato e condição básica para qualquer artista desenvolver sua obra; e a determinação em usar meu tempo em escrever o máximo possível”. É assim que Marcia Kupstas define sua relação com a literatura, as letras e o universo infantojuvenil. A autora tem como referências Edgar Allan Poe, D. H. Lawrence, Graham Greene, John Steinbeck, Agatha Christie, Conan Doyle, Ernest Hemingway, José Mauro de Vasconcelos, Graciliano Ramos, entre outros. Contabiliza ainda sete premiações, entre elas um Jabuti, por Eles não são anjos como eu (2004).

Crescer é perigoso (1986) foi sua obra inaugural, seguido por É preciso lutar!, do ano seguinte. Primeira obra editada pela FTD EducaçãoÉ preciso Lutar! foi precursor no debate sobre meio ambiente na literatura infantil e ganhou prêmio da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) em 1988.

“O que me levou a esse enredo foi um ato real. Li, em uma notícia de jornal, que o cineasta Roberto dos Santos (1928-87) se amarrou a uma árvore diante de sua casa, para impedir que ela fosse cortada. Simpatizei com sua atitude e a usei como inspiração”, conta Marcia.

Pela FTD Educação, a autora publicou outas 12 obras, entre as quais há adaptações de clássicos, histórias juvenis sobre amor, família, tecnologia, questões comportamentais.

EO misterioso baú do vovô, por exemplo, faz uma homenagem aos imigrantes no Brasil, ao contar a história de duas crianças que descobrem em um porão muitas lembranças de seu avô. Para a coleção Almanaque dos Clássicos da Literatura Universal, Marcia traduziu e adaptou Os três mosqueteiros, de Alexandre Dumas, e Sherlock Holmes – Casos extraordinários, de Sir Arthur Conan Doyle. Também publicou A namorada de Camões.

 Sobre o ilustrador

 Limpens nasceu em Viena, na Áustria, em 1970. Ainda jovem começou a aventurar-se em terras desconhecidas – Índia, China, Paquistão e Oriente Médio. Veio para o Brasil, onde conheceu sua esposa, com quem tem dois filhos, e fixou residência em São Paulo. Passou, então, a desenhar quadrinhos e a ilustrar livros, revistas e outras publicações nacionais e estrangeiras. Além disso, colaborou para o extinto caderno Folhateen, do jornal Folha de S.Paulo, com a tira El Pablo e El Diablo.