Notícias

Projeto Pequenos Leitores da FTD Educação abre inscrições para a quarta edição

Data: 18/10/2016

Destinada ao incentivo da leitura na primeira infância, ação que já impactou 10000 educadores e crianças, seleciona municípios até 20 de novembro

Ampliar a rotina de leitura nas escolas municipais de Educação Infantil de São Paulo é um dos objetivos do projeto Pequenos Leitores. Resultado de uma parceria entre a FTD Educação e a Comunidade Educativa CEDAC, a iniciativa abre, por meio de edital, as inscrições para a nova edição do biênio 2017-2018. Podem se candidatar – até o dia 20 de novembro – municípios do Estado de São Paulo que estejam a uma distância de até 300 km do centro da capital paulista, tenham até 160 professores em atuação com crianças de 3 a 5 anos, entre outros requisitos disponíveis em edital.

Realizado desde 2012, com edições nas cidades paulistas de Guarulhos, Itatinga e Pratânia e Ferraz de Vasconcelos, Pequenos Leitores atua na formação de professores, coordenadores, técnicos e diretores das escolas de Educação Infantil para garantir, por meio da leitura literária, o ingresso das crianças de 3 a 5 anos na cultura escrita.
“Não dá para mudar uma realidade trabalhando apenas com os professores, precisamos trabalhar em uma escala maior dentro da escola”, afirma Izabel Toro, coordenadora de investimento social privado da FTD Educação. “Para que possa se tornar uma política pública ou fazer parte daquele município, é importante que todas essas instâncias estejam alinhadas, que todos ‘comprem’ o projeto”.
Os próprios professores, muitas vezes, tiveram experiências insatisfatórias com a leitura quando crianças e até mesmo quando adultos, o que dificulta a sua atuação como mediador e formador de leitores. O projeto os aproxima do universo literário, ampliando e qualificando sua experiência como leitores e como formadores de leitores.
“Ao longo dos dois anos de formação, a gente faz uma discussão para que, tanto as escolas como a rede, cheguem a um documento em que elas consigam sistematizar e concretizar a intenção educativa com a leitura literária das crianças”, complementa Sandra Medrano, coordenadora pedagógica da iniciativa na CE CEDAC.
“Além de incentivar o hábito e o interesse pela leitura o projeto está alinhado com ações do Poder Público, voltadas para garantir a plena alfabetização das crianças, o que é fundamental em qualquer movimento que pretenda ser efetivo na promoção da leitura”, completa Izabel. A última edição, em Ferraz de Vasconcelos, recebeu investimentos do Fundo Itaú Excelência Social.

Informações e detalhes estão disponíveis aqui.